Buscar
  • Luiz Neves França

Gestão de Armazenagem – Controle Interno de Armazenagem

Na TBI Transportes, para ter o controle do serviço de armazenagem dentro do galpão, sempre estamos atentos a importância dos processos internos, além do próprio transporte que é o processo que antecede a chegada no armazém.


Ao chegar no local de armazenagem, o motorista e ajudante devem apresentar ao responsável pelo recebimento uma das documentações abaixo para dar entrada no armazém:


1. DANFE - Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica.

2. NF-E - Nota Fiscal Eletrônica.

3. Declaração de Transporte - Intermunicipal, interestadual e internacional.


Com essas documentações acima o responsável pela armazenagem começa seu procedimento interno de controle:


1. Conferência da documentação apresentada do produto/equipamento: DANFE, NFE ou DECLARAÇÃO.

2. Conferência dos volumes e estado do produto/equipamento.

3. Reembalar o produto/equipamento caso necessário.

4. Etiquetagem do produto/equipamento com as respectivas informações: 4.1 Número da DANFE, NFE ou DECLARAÇÃO.

4.2 Nome do Cliente / CNPJ

4.3 Quantidade de Volumes.

4.4 Tipo dos volumes: Madeira, Papelão/Papel, Plástico, Vidro, Metal, Isopor e ou outros. 4.5 Data de entrada no galpão para armazenagem.

4.6 Origem da carga.

4.7 Destino da carga.

5. Preenchimento do formulário de entrada / saída de armazenagem descrevendo no mínimo:

5.1 Cliente

5.2 Responsável pelo contrato de armazenagem (Interno).

5.3 Contato do cliente e do responsável interno: Telefone – E-mail.

5.4 Descrição do produto / Equipamento.

5.5 Responsável interno pela primeira conferência no galpão.

5.6 Responsável interno pela segunda conferência no galpão.

5.7 Dimensões dos volumes: Altura, Largura, Comprimento, peso, Metragem quadrada. 5.8 Data de entrada e data de saída da mercadoria.

Importante: O motorista e ajudante do transporte já realizaram a conferência antes de entrada no galpão.


Dessa forma caracteriza três conferências da mercadoria para melhorar qualidade no processo.


Após a verificação das documentações externas e internas da mercadoria o responsável pela armazenagem vai direcioná-la ao espaço reservado para condicionamento.


Mesmo nesse processo devemos ter o maior cuidado, pois devemos nos atentar a alguns cuidados como:


1. Não condicionar a carga diretamente no piso.

2. Deixar espaço entre a carga, caso seja necessário a movimentação interna, limpeza e inspeção semanal da armazenagem.

3. Se atentar a quantidade permitida do fabricante no empilhamento da carga. 4. Posicionamento da carga: Parte de cima e para baixo.

5. Centro de gravidade da carga.

6. Peso do volume e dimensões para determinar qual equipamento de transporte será utilizado ou será realizado o transporte manual.

7. Se a embalagem está lacrada perfeitamente, caso não, adicionar fita lacre na embalagem para controlar a entrada de poeiras ou outras partículas que possam causar dano a mercadoria.

8. Sinalizar o local de armazenamento para separar as mercadorias próximas para não ter o risco de misturar cargas. E também para limitar as movimentações de carga próximas ao armazenamento controlando o risco de batida contra / Colisão.


Após todos esses cuidados durante a entrada de armazenagem, devemos criar uma pasta física com todos os documentos referentes ao processo:


1. Documentação do produto/equipamento: DANFE, NFE ou DECLARAÇÃO. 2. Formulário de entrada de armazenagem.

3. Imagem dos volumes.

4. Proposta comercial.

5. E-mail referente ao serviço, com todos os envolvidos na contratação de prestação do serviço de armazenagem.


Em seguida deve adicionar todas as informações ao sistema e/ou planilha de controle da armazenagem para na data respectiva de entrada do equipamento mensal, realizar a cobrança para o cliente com a emissão da NF de armazenagem.


O grupo TBI transportes procura em seus processos garantir qualidade e segurança em seu serviço de armazenagem para garantir a satisfação dos seus clientes.


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Controle de fumaça preta nos Veículos

Na busca por um bom transporte, o grupo TBI busca melhorar a cada dia a qualidade dos seus serviços. Uma de nossas preocupações é com relação ao controle de fumaça preta dos veículos. Constantemente c